sexta-feira, 21 de novembro de 2008

O "meu" livro...

Esta mensagem é para todos os membros da comunidade escolar (alunos, professores, pessoal não docente, pais e encarregados de educação) do Agrupamento de D. Fernando II!

Qual é o livro da sua vida?

A BECRE gostaria de conhecer os vossos gostos literários e partilhá-los neste nosso espaço. Para isso, divulguem aqui a vossa escolha (título e autor da obra da vossa vida e uma breve justificação).

E por que não pensarmos em inaugurar um clube de leitura? Falaremos disso mais tarde!

Saudações literárias.

3 comentários:

Francisco disse...

A minha paixão é a leitura e tenho um gosto muito variado mas respondendo ao vosso desafio aqui ficam alguns livros da minha vida.
Terna é a noite Scott Fritegerald.
O grande Gatsby Scott Fritegerald
A pele do tambor Arturo Perez Referte
Mestre de esgrima Arturo Perez Referte
Os Maias Eça de Queiroz.
A ilha de verão Erskin Caldwell
e tantos outros

Margarida Portugal disse...

O livro da minha vida é sem dúvida os livros.
Não, não confundi o número nem estou a agredir a gramática!
O livro da minha vida é uma colecção de 73 obras encadernadas num só volume.
Chama-se Bíblia, nome que deriva da palavra grega “ta biblia” e que significa precisamente “os livros”.
Esta colecção está agrupada em duas grandes partes: o Antigo Testamento (constituído por 46 livros escritos antes da vinda de Jesus Cristo ao mundo, que contém a revelação feita por Deus ao povo de Israel e apresenta a Sua aliança com aquele povo) e o Novo Testamento (constituído por 27 livros escritos depois da ressurreição de Jesus, que contém a revelação feita directamente por Jesus Cristo e transmitida pelos apóstolos, e apresenta a nova e eterna Aliança com o novo povo de Deus: os crentes em Cristo).
A Bíblia não caiu pronta do céu! Surgiu como fruto da inspiração divina e do esforço humano. Escreveram-na pessoas como nós, que passaram à escrita o que era transmitido oralmente de pais para filhos. Foi um processo longo; a Bíblia demorou mais de mil anos a ser redigida. Foi surgindo do esforço comunitário da fidelidade a Deus; surgiu da vontade do povo de ser fiel a Deus e da vontade de transmitir tal desejo aos outros, a nós.
A Bíblia é a palavra de Deus dirigida a todos os homens e mulheres; ela descreve a revelação-salvação que se realiza num povo (Israel) que serve de modelo para toda a humanidade.
O objectivo tanto do Novo como do Antigo Testamento é descrever o itinerário da Palavra de Deus: ela cria o mundo (Gn 1), chama Abraão (Gn 12), interpela Moisés (Ex 3), dá realidade à promessa da terra feita a Abraão (Js), é dirigida aos profetas de Israel, incarna em Jesus de Nazaré (Jo 1,14), difunde-se e cresce na Igreja (Act), julga o mundo (Jo 12,48) e prepara-nos um lugar no Céu (Jo. 14,2-3).
A Bíblia é, pois, a palavra de Deus dirigida a todas as pessoas; por isso também lhe chamamos Sagrada Escritura, as Escrituras que contêm a mensagem de Deus para os homens e para as mulheres de todos os tempos. É um recado que exige escuta e atenção e que pede uma resposta. Deus comunica; a pessoa aceita (ou recusa).
Curiosidades:
- A Bíblia foi o primeiro livro a ser impresso por Gutenberg, o inventor da imprensa, no ano de 1540 e é, desde sempre, o livro mais difundido, traduzido, lido e estudado.
- A Bíblia tem servido de inspiração a várias obras de arte, nomeadamente no mundo da literatura, da pintura e da escultura.
- Uma página da Bíblia, mais precisamente o salmo 8, foi depositada pelos astronautas no solo da lua no dia 21 de Julho de 1969.

BECRE disse...

A continuar assim, vai ser difícil fazer o tratamento de dados deste inquérito!
Então?!!!!